quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Atividades sobre Pronome Relativo (I) - 9º ano

Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões de 1 a 3.

Quadrilha
João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.
(Reunião. 10. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1980. p. 191.)

1. O poema retrata um problema comum nos relacionamentos amorosos.
a) Qual é esse problema?
b) Portanto, a visão do texto sobre o amor é otimista ou pessimista? Por quê?

2. O pronome relativo tem um papel de destaque na construção desse poema. Que pronome relativo é empregado seis vezes no texto?

3. Observe a estrutura sintática destes versos:
“João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.”

Nesses versos, foram empregados cinco pronomes relativos com a função de ligar as orações entre  si, criando entre elas uma espécie de encadeamento sintático.
a) Divida esses versos em orações e identifique o antecedente de cada um dos pronomes relativos.
b) Indique a função sintática do antecedente de cada pronome relativo.
c) Indique a função sintática de cada pronome relativo.
d) A função sintática dos pronomes relativos coincide com a função de seus antecedentes?

e) O desencontro entre a função sintática dos pronomes relativos e a de seus antecedentes confirma ou nega a visão pessimista sobre o relacionamento amoroso? Por quê?

Leia mais:
Atividade sobre Pronome Relativo (II)
Atividade sobre Orações Subordinadas Adjetivas
Atividades sobre Pronomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário